sábado, 31 de agosto de 2013

DEVOCIONAL: COM DELICADEZA E RESPEITO




“[Estejam] sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, fazendo-o, todavia, com mansidão e temor”.
( 1 Pedro 3.15-16)

Quando eu era uma cristã recém-convertida, queria sustentar minha fé com fatos, não com sentimentos. Por isso, me abasteci de conhecimento das Escrituras, de profecia e de evidências científicas que sustentassem a verdade do conteúdo bíblico. 

Eu estava tão empolgada com as verdades aprendidas que queria contar isso ao mundo todo, especialmente a meus familiares e amigos. Mas, ao longo dos últimos 20 anos, Deus me ensinou algo igualmente significativo para eu conseguir trazer pessoas para Cristo. Isto é, Deus nos chama a ser portadores da verdade, e não impositores da fé. 

Fiz essa descoberta quando uma amiga, delicadamente, enviou-me uma carta na qual dizia: "Eu ficaria grata se você respeitasse minhas crenças". Sentindo-me humilde e agradecida por ela me amar o bastante a ponto de tentar preservar nossa amizade, entendi que minha responsabilidade é ser um instrumento do Espírito Santo - e não uma sabe-tudo. 

Com o tempo, tornei-me mais sensível ao modo como as pessoas recebem o que eu tão desesperadamente quero partilhar. Hoje, tento sentir quando já falei o bastante e deixar o resto com o Espírito Santo. Paulo escreveu: 
"Eu plantei, Apolo regou; mas o crescimento veio de Deus" (1 Coríntios 3.6). 
Em vez de me arriscar a ofender as pessoas por falar demais quando partilho minha fé com alguém, sussurro uma oração. 

Oração: Deus amado, ajuda-me a compartilhar Teu amor de modo amoroso a quem não Te conhece. Em nome de Jesus. Amém.

Pensamento para o dia: Nós partilhamos a Boa-Nova, mas somente a graça de Deus muda os corações.


Fonte: Sherri Stumpf (Ohio, EUA)
(Extraído de No Cenáculo – 
WWW.editoracedro.com.br) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...