domingo, 30 de junho de 2013

SÉRIE - LIBERANDO O FLUIR DO AVIVAMENTO - MENSAGEM 2

2 – UNIDADE E COMUNHÃO QUE GLORIFICAM A DEUS
(Pr. Dener Maia)


Introdução:

Através da experiência do povo de Israel na época dos Juízes, nós vimos na semana passada as conseqüências de quando nos esquecemos dos feitos e das promessas de Deus e do seu poder.

“Naquela época não havia rei em Israel; cada um fazia o que lhe parecia certo.” 
(Juízes 21.25) 

Este verso mostra claramente o isolamento no qual o povo vivia. Em todo livro de Juízes este isolamento leva o povo a um esfriamento e a viver derrotas, escravidão e empobrecimento extremo, até que o povo se quebrantasse, e clamasse, recebendo então a misericórdia de Deus.
A partir de hoje veremos mais de perto e profundamente a importância da convivência, do perdão e do amor capaz de vencer todas as diferenças.

Vamos lembrar da definição de avivamento:

sexta-feira, 21 de junho de 2013

MAÇONARIA DENTRO DAS IGREJAS. BATISTA E PRESBITERIANA SÃO AS PREFERIDAS.



Ela costuma causar nos crentes um misto de espanto e rejeição. Pudera – com origens que se perdem nos séculos e um conjunto de ritos que misturam elementos ocultos, boa dose de mistério e uma espécie de panaceia religiosa que faz da figura de Deus um mero arquiteto do universo, a maçonaria é normalmente repudiada pelos evangélicos.

Contudo, é impossível negar que a história maçônica caminha de mãos dadas com a do protestantismo. Os redatores do primeiro estatuto da entidade foram o pastor presbiteriano James Anderson, em Londres, na Inglaterra, em 1723, e Jean Desaguliers, um cristão francês.

Devido às suas crenças, eles naturalmente introduziram princípios religiosos na nova organização, principalmente devido ao fim a que ela se destinava: a filantropia. O movimento rapidamente encontrou espaço para crescer em nações de tradição protestante, como o Reino Unido e a Alemanha, e

A DEPRESSÃO E A BÍBLIA



Para fins de esclarecimento, gostaria de dizer que não sou psicólogo, sou apenas uma pessoa que procura analisar as coisas pelo prisma bíblico.
Talvez a maior, ou uma das maiores causas da depressão, seja a frustração. E as causas da frustração podem ser: Pecado; Negligência na vida espiritual; decisões erradas; o diabo e A SOBERANIA DE DEUS.

Por isso digo que o dom que mais devemos buscar é do “DISCERNIMENTO” para sabermos discernir o que vem de Deus, e o que não vem.

Alguns de nós, já vivenciaram situações onde desejavam muito algo, mas Deus não lho permitiu, respondendo não – Eu não te darei isso.

Um homem assim foi o Apóstolo Paulo:

“E, para que não me exaltasse pela excelência das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo.” 
2 Cor 12:7-9

Lógico que Deus não visava colocá-lo em depressão, e sim a lidar com a ADVERSIDADE!

É que Ele (Deus) sabe o que é melhor para nós (em outras palavras Deus disse simplesmente NÃO para Paulo).

A Bíblia aplicada é a melhor terapeuta para as crises humanas, pois é capaz de mostrar as grandes causas de nossos conflitos e ainda nos curar deles.

A depressão tem sido o drama de inúmeros brasileiros, em especial, a muitos evangélicos.
Quem não se lembra do salmo 42, onde o salmista sente sua alma numa sequidão profunda, numa ausência de sentido para a vida ao ponto de assimilar a indagação dos ímpios: Onde está o seu Deus?

Por que não dizer de Elias, que ameaçado por Jezabel afugenta-se, pede a morte, esconde-se numa caverna, que existencialmente revela a complexidade de seus conflitos. Enfim, que se deprime pelo cansaço físico e mental que lhe estressava a vida.

Sintomas da depressão

1 - O deprimido reduz sua

terça-feira, 18 de junho de 2013

MISSÃO CRISTOLÂNDIA EM SANTOS


Foto da Missão Batista Cristolândia em São Paulo


Depois da grande bênção que o Projeto Missão Cristolândia idealizado pela JMN (Junta de Missões Nacionais) e sustentado pelas Igrejas que compõem a CBB - Convenção Batista Brasileira deu certo em diversas capitais do Brasil, incluindo São Paulo, chegou a vez de Santos receber uma Missão Cristolândia numa parceria da JMN e da Prefeitura de Santos. Pela primeira vez uma cidade que não é capital de um estado recebe este maravilhoso projeto, que até então já se faz presente em sete capitais da federação. A ideia de plantar uma igreja no  meio da cracolândia, no local de maior concentração de dependentes, usuários e traficantes de entorpecentes parecia inviável. Mas a prática mostrou o contrário e só reforçou o que a palavra já nos diz de que a luz existe para por fim às trevas:

"Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus." (Mateus 5:16)


Representantes do Projeto Cristolândia, ligado à Junta de Missões Nacionais das Igrejas Batistas, estiveram na

segunda-feira, 3 de junho de 2013

A DIFÍCIL TAREFA DE SER PASTOR


O dia do PASTOR é sempre no 2º domingo de junho. Este ano (2013) será dia 09!
Ser Pastor é uma tarefa por demais difícil. Especialmente para aqueles que exercem o pastorado com temor e tremor, de forma séria e responsável, como quem haverá de dar contar a Deus pelas ovelhas que Ele lhes confiou. Nós pastores somos avaliados a todo momento, por tantas opiniões, sujeitos a tantos julgamentos(...) 
Mas que fique em nossos corações a expressão de Gálatas 1.10: 
"Acaso busco eu agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo."

Se o culto termina cedo: "O pastor é muito frio e metódico, não deixa o Espírito Santo operar."

Se o culto excede do horário: "O pastor é
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...