terça-feira, 27 de dezembro de 2011

SÉRIE - BATALHA ESPIRITUAL - 09

09 – DICAS PRÁTICAS PARA O ENFRENTAMENTO 
(Pr. Dener R. Maia – 11/12/2011)


INTRODUÇÃO
Ao chegarmos ao final desta Série de mensagens, é grande a nosso alegria por tudo aquilo que pudemos aprender à luza da Palavra de Deus a respeito da Batalha Espiritual que enfrentamos dia-a-dia. Estudamos na semana passada sobre como o jejum e a oração nos conferem a energia necessária para a batalha espiritual. Mas além deste preparo, é necessário seguirmos as orientações que a palavra de Deus nos dá para que nos enfrentamento com o maligno, obtenhamos o sucesso e a vitória.
Todo crente pode ministrar libertação, é uma autoridade dada pelo Espírito Santo. No entanto, Deus pode separar pessoas com um chamado específico para esta área.

40% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA PRATICA ALGUM TIPO DE OCULTISMO E INVOCA DEMÔNIOS.

1ª DICA: MINISTRE EM EQUIPE
(Lucas 10:1)
“E depois disto designou o Senhor ainda outros setenta, e mandou-os adiante da sua face, de dois em dois, a todas as cidades e lugares aonde ele havia de ir.”

• Há manifestações de graça e poder quando concordamos em oração:

Mateus 18:19-20
“Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.”

• Em equipe há mais discernimento

2ª DICA: MINISTRE SEMPRE COM PESSOAS DO MESMO SEXO

(1 Tessalonissences 5.22) “Abstende-vos de toda a aparência do mal.”

Mulheres ministrando na vida de mulheres, homens ministrando na vida de homens. Esta orientação vale para qualquer área de ministração. Acima de tudo é uma questão de prudência.

3ª DICA: BUSQUE A DEUS, JUNTAMENTE COM QUEM VAI MINISTRAR COM VOCÊ.

(Efésios 6.18)
 “Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.

Isto trará firmeza de propósitos, revestimento, entrosamento, afinar a visão, um cobrindo o outro em oração.

4ª DICA: TENHA SEMPRE EM MENTE O ALVO DA LIBERTAÇÃO: SALVAÇÃO EM CRISTO
Lucas 10:19-20
“Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum. Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus.”

5ª DICA: TENHA CONSCIÊNCIA DE QUE ESTÁ NUMA GUERRA: PREPARE-SE!

(Efésios 6.12)
 “Pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais.”

COM JEJUM, ORAÇÃO, LEITURA DA PALAVRA, CONSAGRAÇÃO, SANTIFICAÇÃO.

• TEMPO PARA LIBERTAÇÃO
Mateus 17:14-21
14. “Quando chegaram onde estava a multidão, um homem aproximou-se de Jesus, ajoelhou-se diante dele e disse:
15. "Senhor, tem misericórdia do meu filho. Ele tem ataques e está sofrendo muito. Muitas vezes cai no fogo ou na água.
16. Eu o trouxe aos teus discípulos, mas eles não puderam curá-lo".
17. Respondeu Jesus: "Ó geração incrédula e perversa, até quando estarei com vocês? Até quando terei que suportá-los? Tragam-me o menino".
18. Jesus repreendeu o demônio; este saiu do menino e, desde aquele momento, ele ficou curado.
19. Então os discípulos aproximaram-se de Jesus em particular e perguntaram: "Por que não conseguimos expulsá-lo? "
20. Ele respondeu: "Por que a fé que vocês têm é pequena. Eu lhes asseguro que se vocês tiverem fé do tamanho de um grão de mostarda, poderão dizer a este monte: ‘Vá daqui para lá’, e ele irá. Nada lhes será impossível.
21. Mas esta espécie só sai pela oração e pelo jejum".

• PODEMOS ENCONTRAR MENOS OU MAIS RESISTÊNCIA: HIERARQUIA
• A LIBERTAÇÃO PODE LEVAR HORAS OU ATÉ DIAS
• NÃO HÁ FÓRMULAS MÁGICAS OU PADRÕES ESTABELECIDOS.



CONCLUSÃO

• Desafios: Nos 100 dias de oração, relacionarmos 100 motivos de oração pela Cidade de São Vicente.

• Ore pelo Projeto Viva 12 e prepare-se para participar, peça a Deus autoridade e capacidade para ministrar libertação aos oprimidos.

• Confie que a vitória é nossa. Busque uma vida de santificação e Deus fará maravilhas entre nós.

sábado, 10 de dezembro de 2011

HUMOR - A IGREJA EM CASA

A quantidade crescente de cultos televisionados que era pra ser uma bênção, tem causado o esvaziamento de muitas Igrejas. Como ter comunhão com a TV? Como Deus vai trabalhar nosso caráter? 
A convivência com o próximo, cujas diferenças e imperfeições existentes nele e em mim, se constituem em lixas usadas pelas hábeis mãos de Deus para moldar e trabalhar no nosso ego, no nosso caráter, aparando as imperfeições, forjando em nós, dia após dia o caráter de Cristo.
Não deixe de estar com a Igreja nos cultos no templo ou nos lares. Este é o modelo bíblico praticado pela Igreja primitiva. 

"Não deixemos de reunir-nos como igreja, segundo o costume de alguns, mas encorajemo-nos uns aos outros, ainda mais quando vocês vêem que se aproxima o Dia."
(Hebreus 10:25)

 

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

SÉRIE - BATALHA ESPIRITUAL - 08

08 – NOSSA ENERGIA: JEJUM E ORAÇÃO
(Pr. Dener R. Maia – 04/11/2011)



 
INTRODUÇÃO
Já estudamos nesta série sobre diversos aspectos sobre a batalha espiritual, sobre as armas do inimigo e as armas que Deus nos proporciona. Na semana passada vimos que temos uma arma poderosa: A oração.
Hoje vamos dedicar uma atenção maior a esta arma poderosa e ver que quando aliada ao jejum, se torna em energia e vitalidade em meio às mais acirradas batalhas.

1 – JEJUM
(Marcos 9:25-29) “25. Quando Jesus viu que uma multidão estava se ajuntando, repreendeu o espírito imundo, dizendo: "Espírito mudo e surdo, eu ordeno que o deixe e nunca mais entre nele".
26. O espírito gritou, agitou-o violentamente e saiu. O menino ficou como morto, a ponto de muitos dizerem: "Ele morreu".
27. Mas Jesus tomou-o pela mão e o levantou, e ele ficou em pé.
28. Depois de Jesus ter entrado em casa, seus discípulos lhe perguntaram em particular: "Por que não conseguimos expulsá-lo? "
29. Ele respondeu: "Essa espécie só sai pela oração e pelo jejum".

• O JEJUM EXPRESSA A TRISTEZA PELO PECADO E BUSCA DE RESTAURAÇÃO
Daniel 9:3-5
“3. Por isso me voltei para o Senhor Deus com orações e súplicas, em jejum, em pano de saco e coberto de cinza.
4. Orei ao Senhor, ao meu Deus, e confessei: "Ó Senhor, Deus grande e temível, que mantém a sua aliança de amor com todos aqueles que o amam e obedecem aos seus mandamentos,
5. nós temos pecado e somos culpados. Temos sido ímpios e rebeldes, e nos afastamos dos teus mandamentos e das tuas leis.”

• O JEJUM EXPRESSA BUSCA DE ORIENTAÇÃO
Esdras 8:21-23
“21. Ali, junto ao canal de Aava, proclamei um jejum, a fim de que nos humilhássemos diante do nosso Deus e lhe pedíssemos uma viagem segura para nós e nossos filhos, com todos os nossos bens.
22. Tive vergonha de pedir soldados e cavaleiros ao rei para nos protegerem dos inimigos na estrada, pois tínhamos dito ao rei: "A mão bondosa de nosso Deus está sobre todos os que o buscam, mas o seu poder e a sua ira são contra todos os que o abandonam".
23. Por isso jejuamos e suplicamos essa bênção ao nosso Deus, e ele nos atendeu.”

• O JEJUM EXPRESSA CONSAGRAÇÃO DE VIDAS PARA O MINISTÉRIO
(Atos 14:23)
 “Paulo e Barnabé designaram-lhes presbíteros em cada igreja; tendo orado e jejuado, eles os encomendaram ao Senhor, em quem haviam confiado.”

2 – ORAÇÃO
Efésios 6:18-20
“18. Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.
19. Orem também por mim, para que, quando eu falar, seja-me dada a mensagem a fim de que, destemidamente, torne conhecido o mistério do evangelho,
20. pelo qual sou embaixador preso em correntes. Orem para que, permanecendo nele, eu fale com coragem, como me cumpre fazer.”

Nesses versículos Paulo apresenta alguns princípios de como podemos usar a bênção da oração como recurso do céu, em meio aos enfrentamentos

2.1 – TODO TEMPO É TEMPO DE ORAÇÃO
Efésios 6.18: “ Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica;”
“Orai sem cessar” (1 Tessalonicenses 5.17)

CONTINUAMENTE SUGERE: A todo instante, em todos os lugares, independente de ocasião, atividade, situação emocional, situação financeira, situação de saúde, seja em momentos de paz ou de tribulação.

2.2 – A ORAÇÃO PRECISA SER FEITA NO ESPÍRITO
“Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” (Romanos 8:26)

O Espírito nos dá:
• A convicção de pecado e propicia a confissão em nossas orações;
• A convicção de vitória sobre Satanás; caso contrário, estaríamos tomados pelo medo
• Compreensão das verdades de Deus
• Nos revela o que Deus está por fazer
• Nos ensina a glorificar o Pai e o Filho.

2.3 – PRECISA SER FEITA EM UNIDADE

1. A Oração não pode ser uma batalha contra vontade de Deus
O que você pensa sobre a frase: “A oração move o coração de Deus”

Para o discípulo amadurecido essa frase é um grande equívoco, pois o que acontece verdadeiramente é o oposto! Ou seja, a oração move o coração de quem busca para o Senhor (afinal, Ele é o Senhor!), de encontro ao pedido inevitável explanado por Jesus: "seja feita a Tua vontade" (Mt.6:10; 7:21,22; 12:50; 26:42 - Leia-os abaixo) (2).

Veja os textos (NVI):

Mt.6:10 - "Venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu";

Mt 7:21,22 - "Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, mas apenas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus. 22 Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres? ’23 Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!’ ";

Mt 12:50 - "Pois quem faz a vontade de meu Pai que está nos céus, este é meu irmão...";

Mt 26:42 - "Meu Pai, se não for possível afastar de mim este cálice sem que eu o beba, faça-se a tua vontade".

2. A Oração deve ser de unidade com a Igreja de Deus e com os líderes espirituais.
Facilmente o diabo nos faz pensar que somos os únicos que conhecemos a verdade, nos enche de orgulho espiritual e nos leva a posicionamentos que combatem e minam a unidade da Igreja.
Estabelecemos verdadeiros Jihads (guerras santas), cada um defendendo seu ponto de vista a unhas e dentes.

2.4 – A ORAÇÃO DEVE SER FEITA EM VIGILÂNCIA

O que nos impede de vigiar, de discernir a vida através da oração é quando se está:
• Entulhado: Agenda cheia demais
• Intoxicado: Pecados, vícios, etc.
• Adormecido: Imaturidade espiritual, frieza espiritual

“Por isso é que foi dito: "Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos e Cristo resplandecerá sobre ti". (Efésios 5.14)

Desafio:
Nos 100 dias de oração, relacionarmos 100 motivos de oração pela Cidade de São Vicente.

CONCLUSÃO
• Programe-se para fazer um jejum. Comece fazendo pelo menos um dia do mês ou um dia da semana.
• Comprometa-se a participar da Semana de Oração, mesmo que seja apenas um dia, mas venha.
• Ore mais pela Igreja, peça a Deus que te ajude a orar mais, a separar um tempo para a oração

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

SÉRIE - BATALHA ESPIRITUAL - 07

07 – BATALHA ESPIRITUAL NOS CULTOS
(Pr. Dener R. Maia – 27/11/2011)


INTRODUÇÃO

As investidas de Satanás contra nós e a Igreja são constantes. A todo o momento e em todos os lugares estamos sob ataque do inimigo. E dentro do templo não é diferente. Embora saibamos que Deus se faz presente nos nossos momentos de culto, não podemos ter a pensamento ingênuo de que aqui se torna um local impenetrável pelas forças do mal. Se não vigiarmos, seremos surpreendidos por ataques malignos até nos momentos de culto.

1 – DISCERNIMENTO: ENTENDENDO O JOGO DO INIMIGO
(Marcos 1:21-26)
“21.Eles foram para Cafarnaum e, assim que chegou o sábado, Jesus entrou na sinagoga e começou a ensinar.
22.Todos ficavam maravilhados com o seu ensino, porque lhes ensinava como alguém que tem autoridade e não como os mestres da lei.
23.Justamente naquela hora, na sinagoga, um homem possesso de um espírito imundo gritou:
24."O que queres conosco, Jesus de Nazaré? Vieste para nos destruir? Sei quem tu és: o Santo de Deus! "
25."Cale-se e saia dele! ", repreendeu-o Jesus.
26.O espírito imundo sacudiu o homem violentamente e saiu dele gritando.”

O objetivo do culto público é adorar a Deus, proclamar o nome de Jesus e seu Evangelho. Precisamos entender o jogo do inimigo e não entrar nele.
Com discrição e cautela, precisamos evitar que o “show” aconteça.

• SABEDORIA: É preciso ter sabedoria e discernimento para saber que nem toda pessoa que cai ou manifesta alteração de comportamento está endemoninhada. Há situações que são doenças, enfermidades do sistema nervoso, distúrbios neurológicos, depressão, descontrole emocional, conflitos, raivas, etc.

• TEOLOGIA DA PROSPERIDADE: Excessos, falta de sabedoria e perigo.

PRECISAMOS DE BOM SENSO, DISCERNIMENTO, PRUDÊNCIA, SABEDORIADO ALTO PARA TRATAR DE ASSUNTO TÃO DELICADO.

2 – UMA ARMA PODEROSA: ORAÇÃO

QUANTOS AQUI ORARAM DURANTE ESTA SEMANA?
AGORA, QUANTOS RECONHECEM QUE DEVIAM TER ORADO MAIS?

Nós não imaginamos o que acontece quando oramos. Esta é a arma mais poderosa na vida do cristão.

Apocalipse 5:8: “Ao recebê-lo, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro. Cada um deles tinha uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos;”

Hebreus 10:19-23
“19.Portanto, irmãos, temos plena confiança para entrar no Santo dos Santos pelo sangue de Jesus,
20.por um novo e vivo caminho que ele nos abriu por meio do véu, isto é, do seu corpo.
21.Temos, pois, um grande sacerdote sobre a casa de Deus.
22.Sendo assim, aproximemo-nos de Deus com um coração sincero e com plena convicção de fé, tendo os corações aspergidos para nos purificar de uma consciência culpada e tendo os nossos corpos lavados com água pura.
23.Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel.”

• MINISTÉRIO DE INTERCESSÃO
Na PIB de Curitiba tem o nome de “Sentinelas de Oração”. Precisamos ter também aqui irmãos e irmãs que orem durante todo o culto, intercedendo pelo pregador, orando pelos crentes, repreendendo as ações malignas, rogando pela conversão dos não crentes, por cura, libertação, reconciliação, restauração, etc.

• SEMELHANÇA COM AS GUERRAS MODERNAS
Nas guerras modernas, a precisão dos ataques é quase cirúrgica. Guiados por satélites, mísseis atingem seus alvos, com o mínimo de contato físico dos soldados com as tropas inimigas. Os sistemas de comunicação, o arsenal, sistemas de transporte e a alimentação de combustíveis, deixando o inimigo paralisado e sem mobilidade alguma.

É ISTO QUE A ORAÇÃO FAZ: MINA O TERRENO INIMIGO E DEIXA-O SEM AÇÃO.
Assim precisamos orar pelos nossos missionários.
A LIBERTAÇÃO DE PEDRO DA PRISÃO: ATOS 12.7-16
“Percebendo isso, ele se dirigiu à casa de Maria, mãe de João, também chamado Marcos, onde muita gente se havia reunido e estava orando.” (Atos 12:12)

• DIFERENÇA ENTRE GUERRA E ESCARAMUÇA

Guerra: Se prolonga e vai até o final, até à derrota final do inimigo
Escaramuça: Ato isolado, rápido, sem grandes conseqüências

3 – OBEDIÊNCIA E SUBMISSÃO
“Obedeçam aos seus líderes e submetam-se à autoridade deles. Eles cuidam de vocês como quem deve prestar contas. Obedeçam-lhes, para que o trabalho deles seja uma alegria e não um peso, pois isso não seria proveitoso para vocês.” (Hebreus 13:17)

Deus instituiu algumas regras que governam o mundo espiritual:
1. Submeter-se a Deus incondicionalmente

2. Submeter-se às pessoas que Deus colocou com autoridade sobre a sua vida.
Efésios 4:1-3
“1. Como prisioneiro no Senhor, rogo-lhes que vivam de maneira digna da vocação que receberam.
2. Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor.
3. “Façam todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz.”

Os líderes espirituais são infalíveis?

NÃO. Eles são falíveis; são pecadores lavados pelo sangue de Jesus, transformados pela graça de Deus, mas continuam sendo seres humanos. Porém foram investidos de autoridade pelo Espírito Santo de Deus. Essa era uma consciência muito forte no Rei Davi: “Não posso tocar no ungido do Senhor.”

Colossenses 3:13: “Suportem-se uns aos outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Perdoem como o Senhor lhes perdoou.”

4 – COMUNHÃO COM DEUS E SANTIFICAÇÃO

Josué ordenou ao povo: "Santifiquem-se, pois amanhã o Senhor fará maravilhas entre vocês".(Josué 3.5)
Não há como ser vitorioso sem ter comunhão com Deus
O QUE IMPORTA MESMO É UMA VIDA DE COMUNHÃO ESPIRITUAL VERDADEIRA COM DEUS, EM OBEDIÊNCIA À SUA PALAVRA, VIVER, NO DIA-A-DIA, OS ENSINAMENTOS DE JESUS.

UMA VIDA DUPLA, CHEIA DE PECADO, TORNA NULA A AÇÃO DO ESPÍRITO SANTO E NÃO HÁ COMO DEUS AGIR E NOS RESPONDER AS ORAÇÕES.

REJEIÇÃO TOTAL E ABSOLUTA À ATUAÇÃO DE SATANÁS
Efésios 4:26-27:"Quando vocês ficarem irados, não pequem". Apazigüem a sua ira antes que o sol se ponha, e não dêem lugar ao diabo.”

CONCLUSÃO
• Seja você mais um a sustentar os momentos de Culto e a Igreja pela Oração
• Exorte e combata todo tipo de rebelião e insubordinação às autoridades espirituais constituídas por Deus
• Ore e peça a Deus que o capacite a ter uma vida de mais oração e consagração


Série de Mensagens baseadas no
Livro Batalha Espiritual do
Pr. Paschoal Piragine Jr.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...