quarta-feira, 2 de abril de 2014

PASTORAL: UM NOVO TEMPO


 


“Tudo tem uma ocasião certa, e há um tempo certo para todo propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 3.1)

O texto que lemos acima expressam uma grande sabedoria. As versículos de se seguem a ele, igualmente nos fazem refletir que há um tempo determinado por Deus para cada para cada acontecimento nas nossas vidas e no mundo.

O nosso Deus é o Senhor da história, nada pode frustrar os seus intentos e a sua vontade. Se estivermos antenados e sensíveis à sua voz, andaremos no centro da sua vontade e viveremos um NOVO TEMPO de bênçãos na vida desta Igreja.

Estamos iniciando, de fato e de direito, um NOVO TEMPO na vida desta Igreja. Temos sonhos, temos planos, temos necessidades, temos desafios, temos urgências.... Mas a coisa mais urgente na nossa agenda deve ser A ORAÇÃO. 

Neste NOVO TEMPO precisamos lembrar que a Igreja é de Cristo e Ele é quem sabe o que é melhor para a sua noiva. Ele já tem pronto um planejamento, já tem a ordem do dia. Ele é o cabeça da Igreja e Ele mais do que ninguém sabe o que é melhor para a sua Igreja.

Somos privilegiados por vivermos este momento histórico e singular na vida desta Igreja. Deus espera muito de nós e nada menor do que a excelência é o que devemos lhe oferecer.

Um NOVO TEMPO se faz olhando para frente. Ainda que surjam situações semelhantes ao passado, precisamos fixar os nosso olhos em “Cristo, autor e consumados da nossa fé.” Não chegaremos a lugar nenhum se andarmos pra frente olhando para trás. Precisamos avançar, não retroceder.

Um NOVO TEMPO se faz com novos propósitos, nova disposição, se faz com um novo olhar para o reino de Deus e para a urgência da nossa missão. Não há tempo a perder, os “campos estão brancos para a ceifa.” Há vidas que precisamos salvar, discipular, batizar e dar a elas a oportunidade de viverem também um NOVO TEMPO nas suas vidas.

Um NOVO TEMPO se faz com humildade sabendo que é “Ele (o Senhor) que opera em nós tanto o querer como o efetuar todas as coisas.” Não há espaços para orgulho, vaidades, desejos pessoais, mas somente para a soberana atuação do Senhor em nós.

Um NOVO TEMPO se faz com unidade. Não com uniformidade, mas com o sentimento de pensarmos uma mesma coisa, trabalharmos para um mesmo propósito, numa só fé, servindo a um só Senhor.

Um NOVO TEMPO se dará quando trabalharmos como se tudo dependesse de nós, mas lembrando que tudo depende de Deus. 


“PORQUE DELE E POR ELE, E PARA ELE, SÃO TODAS AS COISAS; GLÓRIA, POIS, A ELE ETERNAMENTE. AMÉM.” (Romanos 11.36)


Pr. Dener Maia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...